San Juan, Rota do Vinho

Desértica antiga terra de dinossauros, segunda província argentina produtora de vinhos, em San Juan a vida é comemorada com sabor de varietais tais como o malbec, syrah, cabernet sauvignon, torrontés, entre outros.

San Juan tem uma longa tradição de cultivo de uvas para vinhos que se deve à chegada de imigrantes espanhóis e italianos. Sobre o árido solo de San Juan e sob um sol inclemente, o trabalho e determinação dos produtores produziu férteis vinhas organizadas no estilo das parreiras espanholas. Na província onde predomina o vento Zonda, a oferta eno-turística é um convite para visitar vinhas tradicionais, antigas e modernas vinícolas, degustar vinhos e espumantes deliciosos nascidos no Vales de San Juan.

Os principais terrenos vitivinícolas da província de San Juan são os Vales de Tulum (Albardón, Caucete, San Martín, Angaco, Pocito, Sarmiento, 25 de Mayo), Zonda e Ullum. As vinícolas que integram a Rota do Vinho sanjuanino estão localizadas nas proximidades da capital provincial, onde são observados estabelecimentos vitivinícolas tradicionais e outros de vanguarda. Também há vinícolas –e vinhas- em um ambiente natural de inquietante beleza, onde os empreendimentos são de tipo boutique. Aqui os próprios donos recebem os visitantes para acompanhá-los em uma visita guiada que permite apreciar uma produção que combina processos artesanais e tecnologia de última geração. No sul da cidade de San Juan, uma área de excepcional fertilidade há firmas produtoras de vinhos e espumantes orgânicos.